Sexta-feira, 18 Agosto 2017
Últimas notícias
Casa » PMDB afasta dissidentes por 60 dias das funções partidárias

PMDB afasta dissidentes por 60 dias das funções partidárias

12 Agosto 2017
PMDB afasta dissidentes por 60 dias das funções partidárias

Enxuta, a nota de Jucá diz o seguinte: "O PMDB, em cumprimento à decisão unânime da Comissão Executiva do partido, suspendeu por 60 dias, de suas funções partidárias, os deputados que votaram a favor da denúncia do presidente da República, Michel Temer".

O PMDB decidiu fechar questão em relação à votação da denúncia, um fato raro no partido.

A assessoria do deputado afirmou que ele está sem partido, por enquanto.

Por não ter cargo partidário, a suspensão das atividades no PMDB não afetou Zveiter imediatamente, mas o parlamentar ainda poderia ser suspenso das comissões das quais é membro, como a CCJ e a Comissão de Ciência e Tecnologia, em que é suplente.

Além de Zveiter, também foram suspensos os deputados Celso Pansera (RJ), Jarbas Vasconcelos (PE), Laura Carneiro (RJ), Sergio Zveiter (RJ), Veneziano Vital do Rêgo (PB) e Vitor Valim (CE). No Plenário, Zveiter votou novamente contrário a Temer. Esta decisão foi tomada por descumprimento dos parlamentares ao fechamento de questão sobre o assunto em reunião realizada no dia 12 de julho, em Brasília.

Suspenso por 60 dias pelo PMDB, o deputado Sérgio Zveiter classificou a atitude do partido como "ridícula e covarde" durante entrevista na manhã desta sexta-feira (11) à rádio Jovem Pan.

A medida é cautelar e o caso ainda deve passar por análise da Comissão de Ética da legenda, que pode indicar novas punições aos seis parlamentares.